Rezemos

Novena à Nossa Senhora
da Medalha Milagrosa

DSC03191O’ Virgem Imaculada, Mãe de Deus e nossa Mãe,
com a mais viva confiança no vosso poder de intercessão,
tantas vezes manifestado por meio da Medalha,
nós, humildemente  vos suplicamos,
alcançar-nos as graças que vos pedimos através desta novena.
Pedir a graça…
O’ Virgem da Medalha Milagrosa que aparecestes a Santa Catarina Labouré,
na atitude de medianeira do mundo inteiro e de cada alma em particular,
colocamos entre vossas mãos e confiamos ao vosso Coração nossas súplicas.
Dignai-vos apresentá-las ao vosso Divino Filho e no-las conceder se forem
conformes à sua Vontade Divina e para o bem de nossas almas.
Depois de ter elevado a Deus vossas mãos suplicantes,
descei-as sobre nós e cubri-nos com os raios de vossas graças,
iluminando nossos espíritos, purificando nossos corações,
a fim de que, sob vossa proteção,
cheguemos um dia à bem-aventurada eternidade.
Amém.


Oração de João Paulo II, na Capela

« Oh Maria concebida sem pecado,
rogai por nós que recorremos a Vós! »

Jean Paul IIÉ esta a oração, o’ Maria, que tu inspiraste a Santa Catarina Labouré,
neste lugar, há cento e cincoenta anos; doravante,
esta invocação, gravada na Medalha,
é levada e pronunciada por tantos fiéis no mundo inteiro.
Tu és bendita entre todas as mulheres!
Tu foste associada intimamente a todas as obras de nossa Redenção,
associada à Cruz do nosso Salvador; teu coração foi transpassado,
ao lado do seu coração.
Agora, na glória de teu Filho,
tu não cessas de interceder por nós, pobres pecadores.
Tu velas pela Igreja, da qual é a Mãe.
Tu velas sobre cada um de teus filhos.
Obtém de Deus, para nós, todas estas graças
que simbolizam os raios de luz que irradiam de tuas mãos abertas,
com a única condição:
que tenhamos a ousadia de t’as pedir,
que nos aproximemos de Ti com confiança,
audácia e simplicidade de uma criança.
É assim que Tu nos conduzes ao Teu divino Filho.

Jean-Paul II (1980)


Oração dos doentesImage6

Virgem Maria, Mãe de Misericórdia,
é com toda a confiança que volto
meu olhar filial a Vós.
Eu sei e acredito que

Vós me acompanhais na minha provação,
como o fez com Jesus, vosso Filho,
no caminho do Calvário.

Quando minha cruz estiver muito pesada,
ajudai-me a carregá-la
e a não perder a coragem.

Virgem Maria, nossa Mãe,
rogai por mim, bem como
por todos aqueles que me manifestam seu afeto.

Que, por vossa intercessão,
Jesus, vosso Filho,
nos envolva com sua Paz
e nos guarde na Esperança.